POR QUE OS PROBLEMAS AUDITIVOS NÃO SÃO DIAGNOSTICADOS E TRATADOS?


Negação – A perda auditiva pode ser lenta e gradual no início. Vivemos em um mundo incrivelmente barulhento, então, para algumas pessoas, o fato de não ouvir direito pode parecer normal e por isto acabam não buscando uma solução.

Estigma – Nossa cultura valoriza cada vez mais a independência das pessoas com mais idade. Basta verificar nos assuntos que mais são divulgados em revistas e em mídias sociais quanto se trata de terceira idade. São assuntos do tipo: “Como se reinventar depois dos 60 anos”; “Como viver bem até os 100 anos”, etc. Então, às vezes, é difícil perceber que existe alguma coisa errada com você, quando nem tudo está tão positivo em sua vida à medida que a idade avança. Outra coisa que impede a pessoa de admitir que tem perda de audição é a associação errada de problema auditivo com algum tipo de problema cognitivo.

Falta de informação: Muitos problemas auditivos em adultos são diagnosticados por meio de triagens auditivas preventivas. Apesar de ser bastante recomendado pelos médicos, não existe um programa do Governo ou de Organização Não Governamental que incentive a busca do diagnóstico, assim como são feitas campanhas para outros tipos doenças. Como a perda auditiva geralmente é gradativa em adultos, é de extrema importância que seja detectada o quanto antes e que seja tratada adequadamente, para se prevenir a progressão e se ter uma qualidade de vida melhor.



Mais de Centro Auditivo Viver