Medo da perda Auditiva Neurossensorial? Causas e Tratamentos!

Medo da perda Auditiva Neurossensorial

Foi-se o tempo que usar aparelho auditivo era algo relacionado apenas à terceira idade. Por mais que o envelhecimento seja um dos principais motivos para o déficit auditivo, o problema afeta pessoas de todas as idades, gêneros e condições sociais.

Para ter uma ideia de como a deficiência auditiva, independente do seu grau, é comum, o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, através de levantamentos, aponta que em torno de 5% dos brasileiros possuem dificuldade de ouvir bem ou não ouvem nada.

Essa porcentagem indica aproximadamente 10 milhões de pessoas, um número bastante significativo que deve ser levado em consideração e ser motivo de atenção. Além disso, um dos tipos de perda auditiva mais frequentes é conhecida como perda auditiva neurossensorial.

Quer saber mais sobre esse problema? Continue lendo este artigo e aprenda a não ter medo da perda auditiva neurossensorial. Para tanto, conheça as suas causas e tratamentos!

 

O que é perda auditiva neurossensorial?

 

A melhor forma de aprender sobre a perda auditiva neurossensorial é entendendo como funciona o mecanismo de ouvir. Para começar, a orelha é o órgão responsável pela audição. Ela se divide em três partes: a orelha externa, a orelha média e a orelha interna.

Formam a orelha externa a parte visível da orelha, o canal auditivo e o tímpano, os quais têm a função de captar os sons e convertê-los em vibrações. Já a orelha média consiste nos pequenos ossos (estribo, martelo e bigorna), que capturam as vibrações e as amplificam.

A partir disso, as vibrações são enviadas para a orelha interna, que é constituída pela cóclea e pelas células ciliadas. Essas partes são as responsáveis por transformar as vibrações em impulsos elétricos, que são encaminhados para o cérebro através do nervo auditivo.

Dessa forma, a audição apenas funciona de maneira apropriada se todas essas partes que a formam estiverem em plenas condições. No entanto, quando as estruturas da orelha interna são afetadas, ocorre a perda auditiva neurossensorial.

Outras de suas denominações são surdez neurossensorial, sensorioneural e surdez do nervo. Esse problema tem origem em possíveis lesões que as células ciliadas ou o nervo auditivo podem sofrer.

Com isso, acontece uma menor transferência dos sons que chegam à orelha externa e média. Além disso, essa deficiência pode acometer tanto apenas em uma das orelhas quanto nas duas.

E mais: a perda auditiva pode ser sensorial quando o ouvido interno é afetado (cóclea ou células ciliadas), ou neural, se a lesão for no nervo auditivo. A intensidade do problema pode variar de leve a profunda, conforme a seriedade do dano nas estruturas.

 

Causas da perda auditiva neurossensorial

 

O envelhecimento das estruturas do ouvido é o principal motivo da perda auditiva neurossensorial. Isso faz com que as pessoas que estejam adentrando a casa dos 60 anos estejam mais propensas a ter a sua audição diminuída.

Porém, nem todos os idosos necessariamente vão ter perda auditiva, pois isso depende ainda da sua herança genética e dos barulhos aos quais esteve exposto ao longo da vida. Remédios, doenças e condições de saúde também podem afetar o surgimento do déficit auditivo.

Desse modo, não é só na terceira idade que a perda auditiva neurossensorial ocorre. Há muitas outras causas que podem levar ao quadro. Veja quais são elas a seguir:

  • Causas congênitas, que acontecem quando a criança já nasce com o problema, devido a infecções da gestante ao longo da gravidez, como toxoplasmose, rubéola e sífilis;
  • Causas no período neonatal, como traumas físicos que afetam a cabeça do recém-nascido, levando a problemas de audição;
  • Infecções de ouvido recorrentes, pois as inflamações atrapalham a adequada vascularização das estruturas da orelha interna;
  • Doenças auriculares autoimunes, que ocorrem quando o próprio organismo é responsável por prejudicar as estruturas da orelha interna;
  • Hipertensão e diabetes, que são problemas que levam a alterações na microvascularização das estruturas da orelha interna;
  • Medicamentos ototóxicos, que são considerados tóxicos para a orelha interna, inclusive, quando usados em altas quantias e por muito tempo, a exemplo da aspirina, estreptomicina, cisplatina, gentamicina, quinine e outros;
  • Ruídos altos podem causar problemas de audição quando a exposição a eles é prolongada e se forem superiores a 85 decibéis. Isso porque eles conseguem destruir de maneira gradativa as partes responsáveis pela audição;
  • Otosclerose, uma doença hereditária que faz com que haja um crescimento ósseo em volta da orelha média, impedindo que o ouvido vibre ao ser estimulado pelo som;
  • Doença de Ménière, distúrbio raro que acomete o ouvido interno, levando ainda a episódios de tontura;
  • Tumores que afetem as estruturas do ouvido interno.

 

Tratamento para perda auditiva neurossensorial

 

Mesmo pessoas jovens que passem por uma das causas que leve à perda auditiva neurossensorial têm poucas chances de reverter o quadro. Isso acontece porque não se consegue regenerar as estruturas do ouvido interno depois que são lesionadas.

A boa notícia é que os aparelhos auditivos são eficientes para a quase totalidade dos casos. Já se o problema for de grau severo a profundo, o mais adequado é usar um implante coclear, que consegue substituir as funções das células ciliadas, ao imitar as sensações sonoras.

De qualquer forma, é essencial ainda tratar o problema que levou ao déficit auditivo. E para voltar a ouvir com qualidade, as próteses auditivas são eficientes porque conseguem amplificar as ondas sonoras, suprindo a necessidade do ouvido afetado.

Para tanto, o dispositivo é formado por microfone, amplificador e receptor. No entanto, é importante ressaltar que o produto não faz com que a pessoa consiga restabelecer a função da audição, pois ela vai continuar com dificuldade ao remover o aparelho auditivo.

O que ele faz é permitir que o usuário possa ouvir os sons com qualidade muito próxima ao de uma audição normal. Dessa forma, é possível ter uma vida como a de qualquer outra pessoa. Mesmo assim, o mais importante é evitar a perda auditiva.

Como foi possível conferir, muitas das causas desse problema podem ser tratados, reduzindo as chances de evolução a ponto de prejudicar a audição.

 



Mais de Centro Auditivo Viver


  • QUAL É O MELHOR MODELO DE APARELHO AUDITIVO?
    Nos últimos anos, os modelos de aparelhos auditivos evoluíram, de maneira que, hoje em dia, seja possível encontrar produtos bastante modernos, eficientes e discretos. Além da função […]


  • Aparelhos auditivos potentes para perda auditiva profundaAparelhos auditivos potentes para perda auditiva profunda
    Em algumas pessoas, a perda da audição pode ser gradativa, principalmente quando a causa é o envelhecimento. Afinal, como acontece com as demais funções do organismo, a audição também é […]


  • POR QUE OS PROBLEMAS AUDITIVOS NÃO SÃO DIAGNOSTICADOS E TRATADOS?
    Negação – A perda auditiva pode ser lenta e gradual no início. Vivemos em um mundo incrivelmente barulhento, então, para algumas pessoas, o fato de não ouvir direito pode parecer normal e […]


  • Diferença entre Aparelhos Auditivos e Amplificadores de SomDiferença entre Aparelhos Auditivos e Amplificadores de Som
    Aparelhos auditivos e amplificadores de som ajudam a capacidade de ouvir das pessoas. No entanto, mesmo que em um primeiro momento pareçam muito iguais, a verdade é que esses dois […]


  • PERDA AUDITIVA NA FASE ADULTA: UM PROBLEMA INVISÍVEL?
    Considere estes fatos: Dados do Censo Demográfico 2010 divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que 45,6 milhões de brasileiros ou 23,9% da […]


  • O Auxílio do Fonoaudiólogo para Perda AuditivaO Auxílio do Fonoaudiólogo para Perda Auditiva
    Um dos principais profissionais da saúde quando o assunto é perda auditiva é o fonoaudiólogo, profissional que vai contribuir de forma decisiva para a qualidade de vida do paciente com […]


  • Quanto tempo leva para se adaptar aos aparelhos auditivos?
    Por mais que os aparelhos auditivos ofereçam uma série de melhorias para a qualidade de vida e bem-estar dos seus usuários, é normal que demore um tempo para a pessoa sentirem-se 100% […]


  • Crianças e Aparelhos Auditivos Infantis – Cuidados NecessáriosCrianças e Aparelhos Auditivos Infantis – Cuidados Necessários
    Mesmo crianças podem apresentar perda auditiva e terem que começar a usar aparelhos auditivos. Quando se toca neste assunto, é preciso estar ainda mais atento aos cuidados necessários. […]


  • ZUMBIDO NO OUVIDO: DEVO USAR APARELHO AUDITIVO?
    São muitas as razões que indicam a necessidade de uma pessoa ter que usar aparelho auditivo. Entre elas, está o zumbido no ouvido, uma vez que esse sintoma pode mostrar que o indivíduo […]


  • Aparelhos AuditivosComo funcionam os aparelhos auditivos?
    Você sabe que os aparelhos auditivos são instrumentos muito eficientes no auxílio de uma melhor audição, mais clara e alta, não é mesmo? Hoje em dia, é possível encontrar uma grande oferta […]


  • A Importância do Aparelho Auditivo para IdososA Importância do Aparelho Auditivo para Idosos
    Muitas pesquisas realizadas em diferentes países mostram como ainda, hoje em dia, existe uma grande resistência dos idosos na hora de aderir ao uso do aparelho auditivo. As razões para […]


  • USO DE APARELHOS AUDITIVOS NO ALÍVIO DO ZUMBIDO
    Chiado da panela de pressão dentro cabeça? Som da cigarra no ouvido? Que Barulho é esse??? É zumbido!!Ele pode ser um chiado ou apito, constante ou intermitente, alto ou baixo, incomodar […]


  • ONDE OBTER O MELHOR APARELHO AUDITIVO?
    Aparelhos auditivos são produtos que podem ser imprescindíveis em diferentes situações, por motivos variados e por pessoas de todas as idades. Hoje em dia, existe uma ampla oferta de […]


  • COMO SABER SE PRECISO DE UM APARELHO AUDITIVO?
    A audição, de modo semelhante aos demais sentidos, com o passar do tempo, se desgasta, perdendo a sua eficiência. Dessa maneira, assim como muitas pessoas precisam começar a usar óculos em […]


  • CONFIRA OS ACESSÓRIOS PARA APARELHOS AUDITIVOS
    Desde os primeiros aparelhos auditivos que surgiram no mercado, a tecnologia empregada evolui imensamente e, hoje em dia, é possível encontrar produtos muito mais diferentes do que os de […]


  • FGTS Poderá ser Utilizado na Aquisição de Aparelhos Auditivos
    Em algumas situações, o valor de um aparelho auditivo de qualidade pode sair mais do que o esperado ou do que o orçamento permite custear. Mas saiba que o FGTS – Fundo de Garantia por […]


  • APARELHO AUDITIVO: MENOR É MELHOR?
    Um dos grandes desafios de muitas pessoas que precisam usar aparelhos auditivos é perder a vergonha de serem vistos com eles. Embora isso não seja razão para evitar a utilização do […]


  • EM 2017, EU QUERO OUVIR!
    Você já não ouve como antes, as pessoas precisam repetir o que disseram diversas vezes até que você entenda, você fica deslocado quando está com um grupo de pessoas e fica sem graça de […]


  • TOME UMA ATITUDE! PROCURE AJUDA!
    É preciso tempo e trabalho para melhorar as circunstâncias. Para começar, existem alguns testes simples que você pode responder para saber se você tem perda auditiva. Mesmo que esses […]


  • CERA NO OUVIDO? POR QUÊ? PARA QUE? O QUE EU FAÇO?
    Você já teve a sensação de estar com o ouvido tampado, ou de estar ouvindo os sons um pouco abafados? Então, pode ser que seja pela presença de cerúmen (a famosa cera de ouvido) no conduto […]


  • Quanto tempo dura um aparelho auditivo?
    Depois que as pessoas começam a usar aparelhos auditivos por causa de um determinado grau de surdez, o mais comum é que o dispositivo faça parte das suas vidas a partir de então. Além […]


  • EXISTE APARELHO AUDITIVO INVISÍVEL?
    Muitas pessoas que deveriam usar um aparelho auditivo possuem uma grande resistência para fazerem isso. Em parte, isso acontece porque não desejam ter um dispositivo visível em sua orelha, […]


  • Aparelho auditivo pode molhar? Como proceder caso isso aconteça…
    A resistência à umidade sempre foi um problema para quem usa aparelho auditivo, uma vez que exige cuidados extras no dia a dia. Embora possam ser removidos na hora do banho, por exemplo, […]


  • O QUE VOCÊ SABE SOBRE SAÚDE AUDITIVA?
    A falta de informação sobre saúde auditiva é um problema no Brasil. Você já recebeu, alguma vez, informação sobre saúde auditiva ou perda auditiva? Você já participou de alguma palestra […]


  • Crianças tem Zumbido ?
    Assim como a perda auditiva, zumbido também é um assunto que muitos julgam pertencer somente ao público adulto/idoso. Mas para a surpresa de todos, crianças também podem sofrer disso e de […]


  • O uso de aparelhos auditivos melhora o zumbido?O uso de aparelhos auditivos melhora o zumbido?
    Ao contrário do que se pode imaginar, a perda auditiva não afeta somente as pessoas idosas, embora seja bastante comum ocorrer redução da audição na terceira idade. A verdade é que existem […]


  • Crédito de Acessibilidade Banco do Brasil
    Uma preocupação muito comum dos candidatos ao uso de aparelhos auditivos é o custo. O valor de um aparelho auditivo de qualidade, pode sair mais do que o esperado ou planejado naquele […]