O QUE VOCÊ SABE SOBRE SAÚDE AUDITIVA?


A falta de informação sobre saúde auditiva é um problema no Brasil.

Você já recebeu, alguma vez, informação sobre saúde auditiva ou perda auditiva? Você já participou de alguma palestra ou recebeu algum material informativo que lhe deixasse informado sobre assuntos como:

– Causas e efeitos do não diagnóstico ou do tratamento inadequado?

– Casos de demência relacionados à perda auditiva?

– Avanços tecnológicos em tratamentos, aparelhos, acessórios, etc.?

– Opções de aparelhos auditivos de baixo custo e outras tecnologias que auxiliam o dia a dia das pessoas com este problema?

– Habilidades psicológicas e sociais para enfrentamento do problema?

– Pesquisas?

Provavelmente não. No Brasil, a educação sobre saúde auditiva está restrita a são ações isoladas, que não atingem as pessoas que realmente precisam.

DEPRESSÃO E ISOLAMENTO

Pessoas que sempre foram independentes ao longo da vida têm uma tendência a encarar a perda auditiva como algo trágico e inaceitável perante a família e a sociedade.

Este fator, juntamente com a falta de informação e falta de recursos financeiros, pode contribuir para a depressão e isolamento, muitas vezes observado em pesquisa com pessoas que sofrem de deficiência auditiva em idade mais avançada.

Outro fator que leva o indivíduo com perda auditiva ao isolamento é o fato de não entender o que as outras pessoas estão falando, nem os sons que estão à sua volta.

Ter apoio da família e buscar soluções para o problema é um começo. Quando tratada adequadamente, na maioria dos casos, a perda auditiva não irá limitar a vida da pessoa, e ela poderá viver plena e feliz.

Acompanhe o blog “Não Precisa Gritar!”. Semanalmente, traremos informações sobre saúde auditiva.



Mais de Centro Auditivo Viver